Nerd

8 dez

Outro dia uns colegas de trabalho discutiam e faziam teorias sobre o termo NERD , o assunto me chamou bastante a atenção, então fiz uma pesquisa na net e me deparei com o termo na Wikipédia e obtive as seguintes informações:
“Nerd é um termo que descreve, de forma estereotipada, muitas vezes com conotação depreciativa, uma pessoa que exerce intensas atividades intelectuais, que são consideradas inadequadas para a sua idade, em detrimento de outras atividades mais populares. Por essa razão, um nerd é muitas vezes excluído de atividades físicas e considerado um solitário pelos seus pares. Pode descrever uma pessoa que tenha dificuldades de integração social e seja atrapalhada, mas que nutra grande fascínio por conhecimento ou tecnologia.

Etimologia

A expressão é utilizada desde o final da década de 1950 no Massachusetts Institute of Technology (MIT). Também há uma versão na qual a palavra derivaria de Northern Electric Research and Development (Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento da companhia Northern Electric do Canadá, hoje Nortel), ou seja, atribuída àqueles indivíduos que trabalhavam no laboratório de tecnologia, que eram dados a passar noites em claro nas suas pesquisas. Na década de 1960 difundiu-se a sua conotação pejorativa, aplicado a pessoas com inteligência geralmente acima da média, com alguma dificuldade em se relacionar socialmente, e que não obedece aos padrões, principalmente físicos e intelectuais, da sociedade tornando-se uma pessoa marginalizada, tímida e solitária. Atualmente, no entanto, o termo nerd vem sendo usado por determinados grupos relacionados a interesses específicos como forma de se identificarem.

Estereótipo

Segundo uma definição de Lia Portocarrero, “…é o rapaz (ou moça) que nutre alguma obsessão por algum assunto a ponto de a) pesquisar; b) colecionar coisas; c) fazer música; d) escrever sobre (normalmente acompanhado de pesquisa); e) não sossegar enquanto não descobrir como funciona; f) não dormir enquanto o programa não rodar.”
Segundo Paul Graham, “Existe uma forte correlação entre ser esperto/inteligente e ser nerd, ou melhor, há uma correlação inversa maior ainda entre ser nerd e ser popular. Ser esperto parece fazer a pessoa não popular”. E dessa forma que vem a conotação pejorativa.
Os Nerds são conhecidos por um determinado estereótipo, muito divulgado em filmes ou desenhos animados, que geralmente não correspondem a realidade total. Eles não têm um padrão próprio de vestuário e são muito sociáveis quando se sentem confortáveis no ambiente.
Apesar de serem uma Tribo Urbana, é difícil reconhecê-los no dia-a-dia pois, ao contrário das outras tribos, não tem um estilo facilmente reconhecível à primeira vista. Tampouco gostam dos mesmos tipos de música, e nem todos freqüentam os mesmos lugares (apesar de uma grande parte freqüentar convenções de quadrinhos e ficção científica).

Nerds e a Síndrome de Asperger

Atualmente é incorreto afirmar que “nerds” sofrem de Síndrome de Asperger, pois a maioria deles vivem misturados na sociedade. A maioria deles, inclusive, é dotada de grande capacidade de socializar-se com pessoas com os mesmos interesses que os seus.

CDF ou nerd

No Brasil, chama-se CDF o indivíduo inteligente que se dedica muito aos estudos. Usa-se a sigla ou acrônimo “CDF” significando “Cabeça-de-ferro” ou ainda “Crânio-de-Ferro”, vulgarmente chamado pelos que não tem essa qualidade de “cu-de-ferro” devido aos extensos períodos que ficam sentados estudando.
É comum confundi-los com os nerds. Entretanto, existe uma diferença entre nerds e “CDF”s: enquanto no primeiro grupo encaixam-se os naturalmente interessados em algum assunto cultural (jogos, livros, filmes…), podendo não ir bem na escola; o segundo costuma referir-se a jovens em idade ginasial que nem sempre têm a escola como ponto central de suas vidas, mas despendem um bom tempo aos estudos, resultando em algumas características como obtenção de notas altas, questionamento sobre veracidade da informação passada, mas ainda podem manter-se comunicativos e sociáveis.”
Confesso que a pesquisa e o seu resultado me deixaram bastante “bolado”, isto porque o status de Nerd é uma condição muito depreciativa e desvalorizada! Mesmo sabendo que este desempenha uma função social bem importante segundo a reportagem apresentada neste link. Mas , calma nem todas as informações que achei foram negativas , achei uma página que de certa forma faz uma apologia aos Nerds , e vejam só , escrita por uma mulher o que é bastante animador , é só clicar na imagem aí abaixo:

Este outro site pega um pouco mais peasado:

E como Nerds são tidos como pessoas estranhas…

PESSOAS SÃO ESTRANHAS

Pessoas são estranhas
Quando você é um estranho
Rostos parecem feios
Quando você está sozinho
Mulheres parecem malvadas
Quando você é indesejado
As ruas são irregulares
Quando você está pra baixo

Quando você é um estranho
Rostos vêm de fora da chuva
Quando você é um estranho
Ninguém lembra seu nome
Quando você é um estranho
Quando você é um estranho
Quando você é um estranho

Anúncios

Uma resposta to “Nerd”

Trackbacks/Pingbacks

  1. Falando em NERD… « Almanaque - janeiro 27, 2009

    […] o suficiente para satisfazer a curiosidade sobre o assunto, ademais, fiz um bom apanhado sobre o tema a algum tempo e não pretendo me alongar nisso. Objetivo aqui é só para divulgar, para que não […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s