Fingimento

26 dez

Fingir que tudo está bem

Fingir que tudo está certo

Fingir que se tem o que de fato se deseja

Fingir que o se deseja pode ser alcançado

Fingir de fingir

Fingir que o mundo é um lugar bacana

Fingir que podemos ser todos irmãos

Fingir que não há sofrimento lá fora

Fingir que não há sofrimento aqui dentro

Fingir de fingir

Fingir que o adeus não foi nada

Fingir que esquecer é bom

Fingir que ser esquecido é bom

Fingir que ser lembrado é bom

Fingir de fingir

Fingir que foi tudo bom

Fingir que hoje é melhor

Fingir que amanhã será melhor

Fingir grandeza

Fingir de fingir

De fingimento em fingimento

Todos vivem de um modo ou de outro

De um modo ou de outro fingem para si

De um modo ou de outro fingem para os outros

Fingem de fingir

Pior!

Acreditam tão loucamente em seus fingimentos que acreditam que está tudo bem

São tomados por devaneios, delírios….

Riem!

Choram!

Cantam!

Dançam!

Fingem de fingir

Tentam e muitas vezes convencem, não somente a si, mas, também ao outros.

Fingem uma alegria igualmente fingida

Fingem que o Natal é amor

Fingem que o “Ano Novo” será novo

Fingem de fingir

E eu igualmente louco como todo o resto

Também finjo

Como todo mundo finge

Finjo!

Finjo de fingir.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s