Carrinho de Lata-de-Leite em Pó

23 jan

Esta semana senti um pouco de saudades quando lembrei da minha infância. Não que ela tenha sido inteiramente boa ou totalmente despreocupada em certos momentos ,  ela passou  longe disto,mas, no frigir dos ovos, o saldo foi positivo.

O que mais me chamou a atenção nestas lembranças era o grau de liberdade e as inúmeras possibilidades (pra não dizer quase infinita) de diversão promovida pela rua , amigos e a vizinhança de um modo geral.

As brincadeiras se desenrolavam de todos os modos possíveis e imagináveis, e consistiam em muito mais que a pelada com a molecada da rua, pois haviam , o esconde-esconde, mãe-pega, polícia e ladrão, balança-caixão,estátua, detetive (não esse de caixinha), caçador(queimada), cinco-marias, amarelinha, pular tábua e a minha preferida o carrinho de lata de leite em pó.

Diversão humilde de criança humilde, mas, que fazia alegria da criançada, da mais humilde à mais abastada. .

O fato era que quando uma nova brincadeira surgia logo virava moda . E como tal, o carrinho era algo que volta e meia estava em alta. Sonho de consumo simples de toda a criançada do bairro.

O brinquedo consistia basicamente de uma lata , destas comuns de leite em pó e que as pessoas jogam fora todos os dias. Pois bem! A lata era então furada dos dois lados (na tampa e no fundo) bem no centro , depois passava-se um arame pelos furos e enchia-se a lata de areia ou terra , fechava-se tudo muito bem , e atava-se firme o arame com outro que servia de puxador, e estava pronto o brinquedo.

Brinquedo este feito a princípio pelos pais e depois imitado e desenvolvido pelas crianças , que cuidavam de reproduzi-lo nas mais diversas variações possíveis. Por vezes o carrinho era composto por apenas uma lata, outras por duas , ao gosto do dono , que podia ser um menino ou uma menina , a brincadeira não tinha gênero, afinal criança é criança, e brinquedo é brinquedo , e para os dois não existem estas baboseiras de adulto.

Assim as crianças corriam para lá e para cá com seus carrinhos, competiam , disputavam corridas , iam ao supermercado ou qualquer lugar que fosse arrastando (para o desespero dos país) o tal brinquedo a qualquer lugar que fossem.

Há! Como era bom!

5 Respostas to “Carrinho de Lata-de-Leite em Pó”

  1. Leandro janeiro 23, 2010 às 3:44 pm #

    Outro dia eu estava mesmo contando pra Gisele sobre o quanto eu brinquei com essas “carretinhas” de latas!

    • professorhb janeiro 23, 2010 às 3:53 pm #

      Nossa! A tal carretinha era show! Ainda hoje lembro do barulhinho que ela fazia enquanto eu a puxava de um lado para o outro! 🙂

  2. Carlos Lívio setembro 15, 2010 às 7:46 pm #

    Ola caro amigo, boa noite… li esta matéria, e viajei no tempo, lembro o quanto me diverti com esses carrinhos…
    Parabéns.. grande abraço

    • professorhb setembro 15, 2010 às 10:48 pm #

      Uma viajem muito boa com certeza!
      É de um tempo onde brincar não era algo complicado , não exigia prática e nem tão pouco habilidade, apenas, um pouco de imaginação!
      Obrigado por seu comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s