Sobre Blogues , Violência e Chatice

12 set

Do Gaia Ciência - Tradução: "Não seja mau!"

Uma coisa que tem me enchido o saco ultimamente na Internet, é um certo estrangeirismo que tem tomado conta da rede. Não que isto  não seja um fato inerente a coisa ou seja algo do outro mundo.
O que querendo falar é do uso constante de palavras , termos , vídeos ou textos inteiros escritos em inglês ou qualquer outro idioma que o valha , em blogs , muitos dos quais costumo  visitar constantemente.
Digo isso porque, acho extremamente chato e pedante , ver textos escritos em outros idiomas aos quais uma imensa maioria que acessa a rede simplesmente não compreende, com textos em nossa língua corrente ao lado , falando da piadinha como se fosse algo “evidente” , para todos.
Do meu ponto de vista acho isto extremamente arrogante e descortês com o usuário do blog  e sou contra qualquer tipo de exclusão , pois, de fato isto espoem um outro tipo de exclusão na rede, causada pela barreira da língua , e a grosso modo , configura um certo tipo de violência que não se expõe como tal , e que por seu caráter  invisível é mais difícil de combater.
Que se dá quando determinados grupos se utilizam do conhecimento como instrumento de poder , não apenas para se distinguir dos demais , mais para afirmar uma posição privilegiada dentro dos espaços onde se encontram.
Este tipo de coisa aparece com muita frequência pela rede quando se vê piadinhas em outros idiomas e linguagens culturais e, que simplesmente só fazem sentido para que as postou e um pequeno grupo que compartilha das mesmas opiniões e valores, excluindo todo o resto , que muitas vezes para não parecer ignorante, ri ou posta comentário falando sobre algo que não entenderam só para não ficar de fora do assunto.
Outro ponto interessante desta discussão, são blogues que procuram de certa forma se estabelecer como um grupo de poder, estabelecendo política de como se comportar em seu espaço , de como agir na rede, do que dizer e como dizer, como ganhar dinheiro e por aí vai , isto é uma lástima , já que acaba  muitas vezes engessando a criatividade e o modo de agir dos outros , isto , porque se você não age como todo o resto , você não é legal; logo está fora.
E por outro lado existe a turma do politicamente correto que é igualmente chata e que vê uma grande conspiração e o mal em tudo , esta gente horrorosa é da mesma laia do grupo do Mussolini e do Hitler , que por sua vez , também procura de uma forma ou de outra  impor uma padronização da fala e da expressão as outras pessoas e são o grupo mais perigoso por que se organizam em instituições , grupos, associações , etc… e vivem a propagar sua burrice córnea a todos em forma de sabedoria de almanaque.
Portanto , se você é blogueiro e lê o meu blogue , não faça isso, não subestime seu leitor , não castre seus visitantes , não queira ser arrogante, o mundo real já tá muito cheio disto e de gente assim, em resumo não seja chato! Acredite é um exercício constante que procuro realizar todos os dias. 🙂

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s