Carpe Diem – Horácio

28 out

Tu não procures – não é lícito saber – qual sorte a mim qual a ti os deuses tenham dado, Leuconoe, e as cabalas babiloneses não investigues. Quão melhor é viver aquilo que será, sejam muitos os invernos que Júpiter te atribuiu, ou seja o último este, que contra a rocha extenua o Tirreno: sê sábia, filtra o vinho e encurta a esperança, pois a vida é breve. Enquanto falamos, terá fugido ávido o tempo: Colhe o instante, sem confiar no amanhã.

Anúncios

2 Respostas to “Carpe Diem – Horácio”

  1. Mirilaine outubro 28, 2010 às 7:01 pm #

    A vida deve ser vivida e aproveitada com o lado bom e o ruim, afinal o “paraíso” pode durar apenas alguns segundos, o importante é aproveitar esses segundos.

    • professorhb novembro 7, 2010 às 10:44 pm #

      A todo o momento e nas menores coisas!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s