Sobre o Trânsito

29 jan

Faz bastante tempo tenho refletido sobre o transito. Vejo as pessoas para lá e para , movimentando pelas ruas da cidade a pé, de bicicleta, de carro, de caminhão , de ônibus e de moto. E vejo isto:

Pedestres: Quem tem que tomar cuidado é o motorista! Eu sou a parte fraca! Este espaço é meu!

Ciclista: Age como se a bicicleta fosse um brinquedo e não um meio de transporte , pensa como o pedestre. Só que está em meio ao tráfico intenso e por sua vez , quer se comportas como um motociclista , recontando o transito em sua “magrela”.

Motociclista: Possuí uma pressa crônica , muitas vezes, para ir de uma esquina a outra, costura , recorta e entorta o transito ousadas e impensadas , contra todo e qualquer bom senso. Volta e meia encontra-se aqui e ali um “estrupiado”. E tendo razão ou não possuem uma solidariedade de alcateia , pois, quando um caí , os outros logo se reúnem , não apenas para prestar socorro ao amigo caído , mas, para oprimir o “causador” do acidente, culpado ou não!

Motorista de automóvel: É aquela coisa do “Médico e o Monstro” que aparece no desenho do Pateta, um clássico. Pois, cingido de sua couraça de aço é tomado por uma ilusão de poder e invencibilidade, não importando, cor , ano ou modelo , a sensação parece a mesma. Dentro de sua armadura e bem protegido , dane-se quem estiver perto o seu desejo pede passagem.

Caminhoneiro: Meu veículo é maior os outros é que saiam da frente. Age como o opressor da estrada , sinalizar no transito é para os fracos. Não resiste a uma demonstração de poder se, está na frente anda de vagar, se está atrás anda acelerado. Não tente ultrapassar , pois fatalmente será fechado e se algo acontecer a culpa nunca é dele.

Motorista de Ônibus: Pressa , stress e uma tabela apertada, fazem uma química explosiva. A moto pá , o carro faz tum e ele entra rasgando.

Há! Antes que eu me esqueça?!

Taxista: É profissional supremo do transito! Todos os demais são amadores, fracos e idiotas, não adianta argumentar . Ele sempre tem razão!

O que todos estes componentes do transito tem em comum?

Simples! Todo mundo se acha importante , especial e único. Ou seja, é individualismo tal, que é como se cada um existisse independente de qualquer coisa, é o eu levado ao seu extremo. E isto é, um problema que tem aumentado na sociedade e se manifestado em muitas áreas da sociedade , as pessoas de um modo geral não se enxergam como parte de algo.

Não intendem que cada uma de suas atitudes leva a um desdobramento, a uma rede de problemas que se multiplicam.

O transito é apenas um exemplo, mas, poderia ser na família, no supermercado ou em qualquer outro lugar. Portanto, antes de mais nada o problema do transito , não é apenas uma questão de cidadania, mas, de valores.

As pessoas de certo modo parecem não enxergar o outro como um ser humano, não se reconhecem uns nos outros,não tem medo de sofrer ou sentir dor e nem provocá-las aos outros. Os acidentes de transito para alguns tipos de pessoa parecem até objeto de diversão , basta observar um acidente qualquer .

Todo aquele sangue , gritos e aquela porção de gente reunida em torno da dor alheia. Quem não pode ajudar atrapalha! E ao fim do dia tem uma história tenebrosa para contar aos amigos e quebrar o gelo…

Do meu ponto de vista. Humilde ponto de vista. Estamos assistindo o surgimento de uma nova barbárie.

Anúncios

2 Respostas to “Sobre o Trânsito”

  1. Mirilaine janeiro 30, 2011 às 6:39 pm #

    É esse o grande problema, todos querem ficar em uma ilha solitária, porém todos dependemos uns dos outros, seja no trabalho, na escola, dependemos dos amigos dos inimigos, do vizinho , dos alunos, da zeladora … enfim ninguém é uma ilha, portando porque não nos respeitarmos uns aos outros ?

    • professorhb janeiro 30, 2011 às 7:15 pm #

      O problema é que esta ideia de ser feliz e completo sozinho é massificada por todos os cantos, confundem-se nesta bagunça a autonomia e o egoísmo , onde um é tomado pelo outro e você e versa. Lembre-se: Uma mentira repetida muitas vezes , torna-se realidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s